Conheça Watson, a inteligência por trás do Virtus

VIRTUS OFERECE ASSISTÊNCIA E SOLUÇÃO DE PROBLEMAS COM INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Com a evolução da tecnologia, a presença de robôs e inteligências artificiais  em nosso cotidiano vem se tornando uma realidade nos últimos anos. E agora com o novo Virtus 2018 estaremos ainda mais próximos dessa nova era.

O novo sedã da Volkswagen não é somente dotado de potência e estética: é também um carro inteligente. O painel do Virtus 2018 tem assistência virtual e solução de problemas graças à tecnologia Watson, um software da empresa IBM.

Interior do sedã Virtus 2018.

A plataforma Watson é uma tecnologia de inteligência cognitiva (o que faz com que o programa adquira aprendizado com o passar do tempo) que permite a criação de diversas outras ferramentas com base em suas funcionalidades básicas, que incluem desde análises de dados numéricos para empresas, até reconhecimento facial e percepção de sentimentos.

No Brasil, o Watson já tem sido utilizado em diversas situações, como nos casos do Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, em que o programa foi adotado para auxiliar no tratamento de câncer e da exposição Voz da Arte, na Pinacoteca de São Paulo, na qual visitantes do museu podem "conversar" com as obras de arte.

Exposição Voz da Arte, na Pinacoteca, traz a tecnologia ao ambiente cultural.

 

Watson é um robô?
Connie, o robô com inteligência Watson.

"Não, mas ele pode também ser um robô. Desde que alguém crie um robô, usando a plataforma Watson (o software), ele estará por trás de um robô mas ele não será o robô em si" explica Tahiana D'edmont, analista de Digital Transformation & Digital Sales Marketing da IBM.

Elementar, meu caro watson

Apesar de parecer à primeira vista que Watson, o nome dado ao programa, seja uma homenagem ao companheiro do clássico detetive Sherlock Holmes, a inspiração do nome é na verdade Thomas Watson, empresário estadunidense e um dos primeiros presidentes da IBM. Em uma de suas falas, inclusive mencionada pela própria empresa no site de apresentação da plataforma, Thomas revela:

Nossas máquinas não devem ser nada além do que ferramentas para empoderar ainda mais os seres humanos que as usam.” 

E isso nos mostra o real intuito da Volkswagen em escolher o Watson como um dos principais recursos para o Virtus: empoderar não somente o carro, mas também, quem o dirige.

Fontes: IBM / Tecmundo / G1.

Gostou? Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

About the author

Discasa Social

A DISCASA é referência entre as concessionárias da rede Volkswagen por proporcionar a melhor experiência na compra e conservação dos veículos de seus clientes.

View all posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *