De olho no futuro, Volkswagen anuncia caminhão 100% elétrico

SILENCIOSO E SUSTENTÁVEL, O E-DELIVERY COMEÇA A SER TESTADO EM 2018

Mais silencioso que um secador de cabelo, o novo projeto da Volkswagen promete dar o que falar. O veículo anunciado pela MAN em outubro, na Alemanha, tem sua fase de circulação esperada para o começo do ano que vem e será produzido em território nacional.

O modelo foi apresentado no Brasil na primeira quinzena de novembro (dia 13), no 35º Encontro Econômico Brasil-Alemanha, em Porto Alegre, e também teve destaque na 21ª edição da Fenatran , feira que reúne fabricantes internacionais do mercado automobilístico.

Com potência acima da média para um veículo elétrico, o E-Delivery vem para dominar os centros urbanos no Brasil.

Visando popularizar a utilização de veículos sustentáveis em larga escala na América Latina e na África, o E-Delivery, novo caminhão leve produzido pela MAN (empresa de caminhões e ônibus da Volkswagen) foi criado com foco na circulação em ambientes urbanos. E para isso, fará uso de energia 100% elétrica, sem emitir gases poluentes.

Não somente a tração será movida a eletricidade: funções auxiliares também serão sustentáveis.

O motor elétrico do E-Delivery utiliza uma bateria de lítio com capacidade de até 200 km para o sistema de tração.  E não somente a função de deslocamento será sustentada a eletricidade: sistemas auxiliares também serão sustentados por motores elétricos independentes.

O veículo também conta com um freio de três estágios de regeneração que reduz o gasto da carga elétrica em relação ao freio pneumático, além do sistema Eco-Drive Mode, responsável pela economia de energia consumida pelo veículo. E tudo isso com uma emissão mínima de ruídos e com recarga na tomada, de modo tão simples quanto recarregar um celular.

O E-Delivery é a junção das melhores tendências do mercado dos veículos elétricos.

A recarga elétrica possui duas modalidades: a recarga de oportunidade rápida, que repõe 30% da bateria em apenas 15 minutos (o que torna possíveis as recargas ao decorrer de paradas durante o percurso) e  a recarga lenta, que restaura em somente 3 horas a capacidade total de autonomia do veículo. Lembrando que a capacidade de circulação é de 200 km após a recarga completa, o que permitiria o caminhão circular ao longo do dia, e ser recarregado somente após o expediente.

Em sua fase de testes, o veículo fará transportes para a companhia de bebidas AmBev, com data de início marcada para 2018, e terá suas frotas disponíveis nas versões de 9 e 11 toneladas.

Fontes: G1 Notícias / Veja.

 

 

 

 

 

 

Gostou? Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

About the author

Discasa Social

A DISCASA é referência entre as concessionárias da rede Volkswagen por proporcionar a melhor experiência na compra e conservação dos veículos de seus clientes.

View all posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *